BLOG

Home > Blog > Destaques > Você já ouviu falar de Ransomware?
Destaques

Você já ouviu falar de Ransomware?

Por

Os ataques cibernéticos a empresas dos mais diversos setores de atividade vêm crescendo de forma exponencial nos últimos anos. A partir de 2020, o aumento da incidência ainda teve o fator extra de muitas empresas se virem forçadas a migrar de forma repentina os empregados do regime de trabalho presencial para o home office, o que se não for feito da forma correta pode abrir muitas brechas para este tipo de ataque.

Como o ransomware não só afeta a disponibilidade como também a confidencialidade dos dados da empresa, trata-se de um risco muito sério para o negócio, uma vez que pode deixá-la completamente exposta ou até mesmo inoperante por tempo indeterminado.

Normalmente, a infecção do ransomware se dá por vírus proveniente de um arquivo infectado, como um anexo de e-mail, ou através de clicks em links de site maliciosos e, uma vez infectado, um computador pode espalhar facilmente este vírus por toda a rede.

Existem diversos tipos de ransomware, desde os mais simples, que podem ser desinstalados facilmente, até os extremamente complexos de serem removidos, contudo, eles são divididos basicamente em 2 grupos, de acordo com a forma que agem:

De qualquer forma, em ambos os casos não há uma fórmula universal para a desinstalação do vírus, devendo cada caso ser tratado individualmente.
Este fator é crucial e nos leva à conclusão de que a melhor forma de proteção é a prevenção.
Desta forma, a Enygma Tecnologia oferece à sua organização estratégias completas para prevenção e remediação de um ataque de ransomware.

 

Estratégia pré-incidente

Sim, é fundamental ter um plano pré-incidente estabelecido com as medidas a serem tomadas em caso de ataque para não ser pego de surpresa em uma situação que exija ação imediata e para que os efeitos negativos sejam os menores possíveis.

 

Estratégia de prevenção e detecção de endpoint

Endpoints, ou ‘pontos de extremidade’, são todos os dispositivos, internos ou remotos, conectados à rede corporativa, como, por exemplo, servidores, computadores, laptops, smartphones, tablets, máquinas e câmeras de segurança, entre outros.

Embora a prevenção não seja 100%, as organizações devem sempre tomar medidas para identificar e fortalecer a superfície de ataque do endpoint, isto é, os lugares que são vulneráveis a invasões. Portanto, quanto maior for o número de dispositivos conectados à rede, maior será a superfície de ataque.

A Enygma Tecnologia oferece soluções personalizadas de proteção à sua empresa, baseada em 3 princípios fundamentais de ação:

 

Pagar ou não pagar?

No momento em que se descobre vítima de um ataque ransomware, principalmente se a organização não estiver preparada, o pânico pode ser geral e, aparentemente, a solução mais fácil e imediata para resolver a situação será pagar o resgate aos criminosos, uma vez que a operação provavelmente estará paralisada e a dificuldade de reverter o bloqueio.
Porém, deve-se ponderar que o pagamento do resgate nem sempre é garantia do desbloqueio imediato dos dados e que as informações confidenciais já podem estar ter sido expostas e/ou comercializadas pelos criminosos, gerando danos de qualquer forma. Tudo isso sem contar que o pagamento imediato acaba incentivando este tipo de atividade criminosa.

Portanto, aja com proatividade e conte com a Enygma Tecnologia para a implementação de estratégias de prevenção e mitigação de prejuízos provenientes de ameaças ransomware na sua empresa.

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR DESTES ARTIGOS:

COMENTÁRIOS:

Nenhum comentário foi feito, seja o primeiro!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

ENYGMA TECNOLOGIA © Todos os direitos reservados